Nike Air Zoom Vomero 10

A Nike traz mais um lançamento que tem causado boas críticas entre os corredores. Consagrada como uma das melhores desenvolvedoras de tênis de corrida, a marca traz ao mercado a versão 10 do seu modelo Vomero. Desde que foi lançada em 1995, a linha Vomero vem acumulando elogios. Mas o início desta fama foi firmada com o modelo Vomero 3, que carregava novidades além do que já se havia visto em termos de tecnologia em sua época.  Agora estamos em 2015 e não foi diferente com o Nike Air Zoom Vomero 10, que pode ser classificado como uma das melhores opções Nike para quem pratica corrida.

Nike-Air-Zoom-Vomero-10

Entressola do Vomero 10

Para consagrar os 10 anos de seu lançamento, o décimo modelo da linha Vomero foi escolhido para receber, pela primeira vez, as tecnologias Air Zoom e Lunalon juntas em um mesmo calçado.

A tecnologia Air Zoom consiste na aplicação de duas câmaras, uma posicionada no calcanhar e a outra na parte frontal do tênis. Estas câmaras são quase iguais às que ficam visíveis nos modelos Air Max, por exemplo, porém possuem colunas de TPU (aquele mesmo material das entressolas Boost da Adidas) que, além de comprimirem de forma mais eficaz o ar, auxiliam em uma resposta ao impacto de uma maneira ainda mais rápida.

Nike-Air-Zoom-Vomero-10-Lateral

Já a tecnologia Lunarlon foi uma surpresa e um golpe de sorte do acaso. Pesquisadores encontraram no fundo de um armário do Grupo de Interesse de Material Avançado da Nike um pedaço de espuma espacial, uma fusão de EVA (Etileno Acetato de Vanila) e NBR (Borracha Nitílica). Segundo os pesquisadores, este material era “como um marchallow derretido”.  Depois de algum tempo trabalhando com este material, a equipe conseguiu em 2005 estabilizá-lo, comprimindo-o com um invólucro de espuma Phylon. E assim a Nike conseguiu o tão sonhado suporte que precisava para oferecer um amortecimento macio, estável que suporta mudanças bruscas de direção.

Com estas duas pérolas da Nike, o Vomero 10 se fez um calçado de amortecimento responsivo rápido e com maciez a cada passada, proporcionando segurança, impulso, conforto e eficiência para o treino tanto para corredores que querem velocidade, quanto para aqueles que precisão destes quesitos ao longo de uma maratona.

Mas as novidades não param por aí. Este lançamento Nike ainda oferece tecnologias cruciais para dar suporte aos corredores mais exigentes!

Cabedal do Vomero 10

O cabedal do Nike Air Zoom Vomero 10 traz a tecnologia Flymesh, malha desenvolvida pela marca que possui um tipo de compressão inteligente, que se ajusta ao pé e à cada movimento feito durante a corrida, oferecendo o mínimo de resistência possível desde os dedos até os tornozelos. Além disso, a Flymesh é altamente respirável, fornecendo uma boa circulação do ar evitando aquele tão indesejado suor.

Nike-Air-Zoom-Vomero-10-Superior

Vomero 10 também possui os cabos Flywire, que são fios que se encontram nas laterais do tênis e por onde passamos os cadarços. Com esta tecnologia podemos ajustar melhor a pressão dos cadarços, além disso o Flywire ajuda a reduzir a compressão que os cadarços provocam durante determinados movimentos na região medial dos pés. Uma solução simples mas que proporciona uma passada firme, segura e estável.

A língua do Vomero 10 é embutida ao resto do cabedal, aquele amado estilo socks que cria uma espécie de luva para os pés, evitando que a língua penda para as laterais e proporcionando a eliminação total de costuras internas, outro alívio para quem já sofreu com a fricção destas costuras durante o treino e ganhou de presente algumas bolhas. Conforto e segurança definem perfeitamente o cabedal deste Nike.

Sola do Vomero 10

Nike-Air-Zoom-Vomero-10-SolaEm seu antecessor, o Vomero 9, a sola favorecia uma articulação mais eficaz. Possuía em sua dianteira uma borracha mais leve, e na parte traseira trazia uma borracha mais dura. No antepé a sola possuía pequenas divisões, que muitos definem como um formato waffle, e na sola do calcanhar, blocos maiores dividiam a borracha, e em meio à esta sola havia o sulco de transição que percorria todo o solado.

O solado do Vomero 10 foi completamente reformulado. Boa parte da responsabilidade para que isso acontecesse foram as mudanças feitas na estrutura da entressola. O novo modelo possui um solado com materiais parecidos, porém o design é completamente diferente. Na dianteira temos a levíssima borracha Nike Duralon, e na parte traseira encontramos uma borracha mais resistente, com carbono. No V-10 os blocos de divisões na parte dianteira são maiores, e em seu restante encontramos tiras duplas ininterruptas de borracha que circulam a área até o calcanhar, design que a Nike batizou de Crash Rail. O Crash Rail suaviza os impactos e as transições em cada passada.

Conclusão

Nike Air Zoom Vomero 10 está na linha de frente dos melhores tênis para corrida do mercado. A junção de duas tecnologias que deram certo, foi a melhor escolha feita pela Nike, pois o V-10 conseguiu unir quesitos que muitos desacreditavam um dia conhecer: maciez e amortecimento responsivo rápido (exemplo é o Adidas Supernova Glide 6, que para corridas leves traz uma má sensação de rigidez, que só desaparece quando potencializamos o treino).

Informações técnicas

Peso: de 246g a 306g (variável de acordo com a numeração)

Drop: 12mm

Tipo de Pisada: Neutra/Supinada

Preço médio: R$549,90 – devido ao seu lançamento recente ainda não há promoções ou descontos satisfatórios. Mas se compararmos o preço do V-10 com o Air Max 2015 (preço de lançamento R$699,00), o Vomero 10 vence no quesito custo benefício.

Ver todos modelos