Nike Air Zoom Pegasus 35

Nike Air Zoom Pegasus, um dos modelos mais queridos da marca, chega à sua 35ª versão e, para a alegria de seus fãs, recebe um banho de atualizações que melhoram o seu desempenho e dão a ele um visual moderno e veloz. Desenvolvido para corredores e corredoras de pisada neutra, o modelo Pegasus 35 atende prontamente tato iniciantes quanto profissionais. Sua versatilidade continua a mesma: oferece ótimo desempenho seja em treinos diários ou em competições.

Classificado como um tênis de amortecimento, Nike Air Zoom Pegasus 35 chega com a promessa de ser um desafio que a Nike colocou para si mesma: entregar um calçado macio e responsivo. Será que a marca superou o desafio?

Atualização Destaque

A atualização que merece destaque no modelo Pegasus 35 está na sua entressola, que recebe uma unidade de amortecimento Zoom Air totalmente reprojetada. Segundo a Nike, esta nova peça de Zoom Air fornece um amortecimento mais versátil e equilibrado.

Cabedal

Nike Air Zoom Pegasus 35 apresenta um cabedal em engineered mesh, uma malha projetada de tramas abertas que confere respirabilidade, elasticidade, ajuste e durabilidade ao cabedal.

As tramas abertas da malha presente no cabedal deste modelo Nike conferem respirabilidade ao tênis. Isso garante uma corrida confortável, com controle de temperatura no interior do cabedal garantindo que seus pés estejam sempre livres de suor. Para ainda mais conforto, podemos conferir que o cabedal não possui costuras internas, garantindo segurança para os pés que não encontrarão pontos de fricção durante a corrida. Nada melhor do que finalizar seu treino ou prova sem bolhas, não é mesmo?

Por ser elástica, esta malha constrói um cabedal flexível capaz de acompanhar os movimentos dos pés durante a corrida de forma ágil, dinâmica e multidirecional. O cabedal do Pegasus 35 oferece um ajuste firme mas sem restrição de movimentos, isso faz com que seus pés tenham liberdade e estabilidade ao mesmo tempo.

E por falar em ajuste, Nike Air Zoom Pegasus 35 recebe 4 pares de cabos Flywire. Esta tecnologia consiste em cabos leves e resistentes que compõem o sistema de amarração do calçado atuando como ilhoses. Desta forma, os cabos Flywire são responsáveis por oferecer um ajuste personalizado, pois obedecem ao tipo de ajuste que você faz ao amarrar os cadarços. Além disso, sua função também é conferir segurança durante a corrida ao envolver o mediopé de maneira firme, garantindo apoio e estabilidade.

Também para dar estabilidade, Nike Pegasus 35 possui um contraforte de clipagem interna bastante rígida. Isso mantém os calcanhares firmes e no lugar certo. Ainda nesta região, podemos encontrar presente um colarinho de enchimento de espuma bastante confortável.

Uma novidade no modelo está no design do colarinho e da lingueta que, nesta versão do tênis, se apresentam mais altos. Na lingueta não podemos dizer que há uma funcionalidade para esta mudança, já que este design mais alto pode até mesmo causar desconforto durante a corrida (pelo menos em nossa pesquisa a Nike ainda se encontra a salvo, pois nada sobre isso gerou reclamações entre os usuários). No colarinho a atualização ganha outra história: o novo design que apresenta um puxador mais alto, além de facilitar o calce, dá mais proteção ao tendão de Aquiles.

Entressola

Como já adiantamos, Nike Air Zoom Pegasus 35 recebe uma atualização muito importante no seu sistema de amortecimento. Em sua versão anterior, o modelo recebia duas unidades de amortecimento Zoom Air que se localizavam na região do calcanhar e na região do antepé. Agora, em sua 35ª versão, Pegasus ganha uma única peça de Zoom Air que ocupa toda a extensão da entressola.  

A tecnologia Zoom Air consiste em uma unidade de ar comprimido que capaz de absorver impactos e o devolver em forma de energia para dar impulso ao fim da passada. Ao colocar uma peça inteiriça de unidade Zoom Air, a Nike conseguiu fazer com que Pegasus 35 oferecesse não só um amortecimento mais responsivo, mas também garantir uma transição mais suave e natural.

A unidade Zoom Air traz uma sensação de muita maciez ao calçado. Então, para equilibrar o seu amortecimento e dar mais estabilidade durante a corrida, a unidade inteiriça de Zoom Air presente no Nike Pegasus 35 recebe uma cobertura de espuma Cushlon, que a envolve para fornecer conforto, suporte e estabilidade durante a corrida.

Com esta atualização, a entressola do Pegasus 35 passa a beneficiar uma gama ainda maior de corredores e corredoras, pois consegue proporcionar amortecimento tanto para quem aterrissa com o calcanhar quanto para quem aterrissa com o mediopé.

Ainda na entressola, podemos notar um novo design na região do calcanhar inspirado em outros modelos da marca. Este detalhe confere um ar de velocidade total ao Nike Air Zoom Pegasus 35 que, segundo o merchan da marca, é o tênis “pronto para voar”.

Solado

Na sola do Nike Pegasus 35 encontramos dois tipos de borracha que compões dois designs diferentes. Os famosos padrões waffle, utilizados há mais de 4 décadas pela marca, estão presentes na região interna do solado e ocupam a sua maior parte. Estes padrões conferem flexibilidade e pontos de tração à sola do tênis. Sua composição recebe a borracha Duralon, este material é mais leve, macio e flexível, tem natureza responsiva e adiciona um pouco mais de amortecimento ao calçado.

Já o restante da sola recebe a BRS 1000, uma borracha de carbono de alta durabilidade. Ela é utilizada para compor o que a marca chama de Crash Rail, uma peça do solado que percorre toda sua parte exterior e região do calcanhar. Desta forma, por ser um material mais resistente, esta borracha é aplicada onde o solado sofre maior desgaste para conferir ainda mais durabilidade ao tênis. Além disso, o Crash Rail também tem outra função: receber o primeiro impacto e suavizar a transição de cada passada.

Conclusão

Se o desafio era entregar um calçado macio e responsivo, parece que a Nike conseguiu. Com a entressola atualizada, Pegasus 35 pode bater recordes no quesito versatilidade. Infelizmente, a marca não conseguiu inserir no mercado um produto com preço estável de lançamento, por isso Nike Air Zoom Pegasus 35 chega às prateleiras até R$60,00 reais mais caro do que o seu antecessor. Se isso for um calmante para os bolsos: o custo benefício é garantido!

Especificações Técnicas | Nike Air Zoom Pegasus 35

  • Bom para: treinos diários | provas
  • Categoria: amortecimento
  • Pisada: neutra
  • Drop: 10mm
  • Peso: 272g (tamanho 41)
  • Preço sugerido: R$549,90
Veja Mais Modelos [+]